PA 5 - Naturminho II (OP. NORTE-06-3928-FEDER-000025)
 
A operação Naturminho II – cofinanciado pelo NORTE 2020 – Programa Operacional Regional do Norte, através do FEDER - é um dos Projetos-Âncora do PROVERE Minho INOVAÇÃO, sendo a ADERE-PG um dos 4 beneficiários da candidatura liderada pela CIM do Ave. São ainda beneficiários a CIM Alto Minho e a CIM do Cávado.
A Operação tem como principal objetivo valorizar, promover e posicionar o sub-destino Minho no contexto dos destinos e produtos de cycling e walking.

Objetivos específicos:

  • Qualificar, promover e posicionar o Minho no contexto do Turismo de Natureza, em especial no segmento “cycling & walking”;

  • Capacitar a oferta turística instalada e as infraestruturas para o produto “cycling & walking”;

  • Promover a conectividade dos recursos e ativos diferenciadores da oferta turismo de natureza/ cycling & walking, bem como reforçar a articulação da rede de agentes económicos do setor, no sentido da estruturação do produto turístico;

  • Diversificar as experiências associadas ao turismo de natureza (rotas, multi-atividades, programas, eventos);Gerar uma contínua articulação entre os vários agentes económicos do setor do turismo de natureza;

  • Adaptar a estratégia de qualificação e promoção do turismo de natureza às tendências da procura e ao perfil do turista, tendo presente os diferentes mercados prioritários;

  • Reduzir a sazonalidade e aumentar a retenção do turista, diversificando a oferta de experiências turísticas nas épocas primavera e outono;

  • Promover a mobilidade sustentável dentro do território;

  • Estimular o empreendedorismo e a criatividade/inovação nas ofertas existentes e nos novos negócios;

  • Promover o emprego, a qualificação e valorização das pessoas e o aumento dos rendimentos dos profissionais do turismo;

  • Valorizar e promover os valores de excelência do património natural e cultural, sensibilizando para a sua conservação;

  • Contribuir para a valorização económica sustentável do património cultural e natural;

  • Contribuir para o cross-selling regional;

  • Agir com sentido estratégico no presente e no curto/médio/ longo prazo e assegurar a estabilidade e a assunção de compromissos quanto às opções estratégicas para o turismo nacional, na medida em que a definição das rotas-âncora fundeia um compromisso de investimento e atenção continuada por parte das entidades e dos agentes turísticos do território;

  • Potenciar o turismo de natureza enquanto contributo para a sustentabilidade e dinamização dos territórios de baixa densidade.



Resultados/ metas:



  • Qualificação e promoção das ofertas de Turismo de Natureza/ cycling & walking.

  • Reforço da imagem e posicionamento do Norte/ Minho no contexto do Turismo de Natureza/ cycling & walking;

  • Incremento das dormidas no segmento do turismo de natureza, associado a turistas que visitaram o Minho através das rotas-âncora;

  • Aumento do número de empresas/operadores turísticos que passam a promover/comercializar programas/pacotes de férias de turismo de natureza baseados nas rotas-âncora;

  • Melhoria na eficácia e eficiência dos meios de divulgação e promoção das rotas e dos respetivos valores associados (recursos naturais e culturais do território) – Portuguese trails e os mapas das rotas/ road books;

  • Reforço da qualidade/ preparação dos agentes turísticos para o produto “cycling & walking

  • Incremento do rendimento das empresas turísticas, em particular na época de menor procura.

 
 
 
 
 
Adere © 2012. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Netgócio ®