A Conservação dos Urzais e o Desenvolvimento Sustentável
 
 

A CONSERVAÇÃO DOS URZAIS E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO PLANALTO DA MOURELA

 
Este projeto foi financiado pelo mecanismo financeiro EEA Grants e decorreu de Março de 2009 a Abril de 2011. O projeto foi desenvolvido na área do Parque Nacional da Peneda Gerês, em sete baldios do Concelho de Montalegre (Covelães, Outeiro, Paredes do Rio, Pitões das Júnias, Tourém, Travassos e Sezelhe).
O projeto conjugou as práticas tradicionais de maneio dos matos, como o roço de mato, fogo controlado e condução de giestal com o maneio do gado (vezeiras) de forma a manter as áreas de mato limpas, incentivar a criação de pequenos ruminantes (principalmente caprinos) e consequentemente diminuir o risco e incêndios florestais.
Como forma de sustentabilidade do projeto foi reabilitada uma antiga casa florestal para um centro de interpretação sobre estas temáticas, com o desenvolvimento de material sobre a utilização dos matos e a importância cultural para estas populações. Este centro tem também uma vertente turística e outra pedagógica. Foram desenvolvidos percursos interpretativos que pretende mostrar no terreno o que foi visto e explicado no centro e foram elaborados diversos materiais pedagógicos, para os diferentes graus de ensino, com o objetivo de explicar ao público estudantil a importância destas intervenções, quer para a população local, quer para a conservação do património natural e cultural e na própria prevenção de incêndios florestais.
 
DETALHES DO PROJETO PODEM SER LIDOS EM ANEXO

 
eea grants
 
Adere © 2012. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Netgócio ®